Educação a distância no governo Serra

Anúncio do APEOESP (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo) na Fórum de novembro traz considerações sobre o ensino a distância. Reproduzo abaixo o primeiro parágrafo:

A decisão do Conselho Estadual de Educação, homologada pela secretária estadual da Educação, autorizando as escolas de ensino médio a oferecer até 20% da carga horária na modalidade a distância poderá contribuir para uma queda ainda maior da qualidade do ensino no nosso estado. Mais uma vez evidencia-se a indisfarçável intenção de cortar gastos, um objetivo recorrente nas medidas educacionais adotadas nos últimos 14 anos no estado de São Paulo. Além disso, uma medida de tal amplitude e impacto no processo de ensino-aprendizagem deveria ter sido objeto de consultas e debates nas redes de ensino, em particular na rede estadual, o que não ocorreu.

Como se não bastasse a precarização do ensino superior promovida pelas faculdades particulares ao abraçarem o tal ensino a distância (com o beneplácito do MEC, nas mãos do PT), agora o governo paulista, comandado pelo PSDB de José Serra, FHC e Paulo Renato Souza, quer comprometer a formação dos jovens do estado e o trabalho dos professores. Neoliberalismo de vento em popa.

Anúncios

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: