Salário-mínimo decente e pleno emprego

Da coluna “Fatos em Foco”, de Hamilton Octavio de Souza, no Brasil de Fato:

Ao assumir a presidência da Venezuela, em 1999, Hugo Chávez encontrou o salário mínimo de 47 dólares e mais de 20% da população vivendo em pobreza extrema. Dez anos depois, o salário mínimo da Venezuela é de 371 dólares (quase o dobro do brasileiro) e a parcela da população na pobreza extrema caiu para 9,5%. É o dinheiro do petróleo com finalidade social.

O horizonte do salário-mínimo no Brasil deve ser o Salário Mínimo Necessário, importante trabalho desenvolvido pelo Dieese. Salário mínimo que cumpra as determinações constitucionais (e valha também para os aposentados e pensionistas) e trabalho como dever e direito de todo cidadão. Cada vez mais me convenço de que estas duas condições devem ser o horizonte para construirmos um país decente, democrático e justo. Sem elas, expressões como “justiça”, “cidadania”, “direitos”, “choque de ordem” e “paz” se tornam inócuas e sem sentido.

Anúncios

Tags:

Uma resposta to “Salário-mínimo decente e pleno emprego”

  1. Leo Lagden Says:

    Com o meu pessimismo de plantão, acho que um salário mínimo justo, no Brasil, e que seja suficiente para cumprir com as suas obrigações, conforme determina a Constituição, é uma LENDA…rs

    Utopia que parece ficar cada vez mais distante quando você vai vendo as manchetes originárias de Brasília.
    A Câmara dos Deputados e Senadores irão desembolsar mais de 8 milhões de horas extras para pagamento de pendências de Janeiro…Isso mesmo, sem trabalho e recebendo hora extra.
    Quero uma empresa assim!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: