Domingo, 14/6: Roda de Funk na Cidade de Deus

A roda de funk será precedida de um debate, às 14h, com Adriana Facina (Antropóloga da UFF), Delegado Orlando Zaconne (Carceragem Cidadã), Deputado Estadual Marcelo Freixo e músico Marcelo Yuka. Outras informações na Apafunk. Reproduzo abaixo trechos da mensagem de divulgação que recebi do MC Leonardo:

“Chegou a hora!

Olá galera, desde quando comecei a divulgar uma idéia chamada APAFUNK em todos os lugares possíveis, tenho acumulado momentos históricos de luta a cada dia que passa. A Associação dos Profissionais e Amigos do Funk hoje é uma realidade, graças à união desses profissionais e de muito apoio de outros movimentos. Esses outros movimentos envolvem mandatos parlamentares, sindicatos, movimentos estudantis e tantas outras organizações com quem vivemos aprendendo o tempo todo.

Muitas organizações nos procuram querendo saber como fazer pra nos ajudar e até mesmo aprender com a gente, peço desculpas para aquelas que não receberam resposta ainda, pois a coisa tá acontecendo em uma velocidade absurda e às vezes não damos conta de tanto compromisso.

Todos sabem que estamos defendendo a revogação da Lei Nº 5265/2008, e que o principal lugar pra fazer pressão pra tal revogação é a ALERJ. Lá está toda a nossa prioridade de tempo e compromisso.

Todos devem saber também que devemos informar a população o quanto essa Lei é prejudicial ao movimento Funk, e estamos fazendo isso através da nossa “RODA DE FUNK” que já rodou por Niterói, Acari, Rocinha, Morro do Dendê, Central do Brasil, etc.

Peço a todos os profissionais do Funk, organizações de toda parte, e principalmente todos os Funkeiros que querem saber o que está realmente acontecendo com este movimento, que compareçam no próximo domingo (14/06) às 14 horas na Cidade de Deus (Rua: GG nos APÊ) para mais uma manifestação política em favor do Funk. Debate com Adriana Facina (Antropóloga da UFF), Delegado Orlando Zaccone (Carceragem Cidadã), Deputado Estadual Marcelo Freixo e o músico Marcelo Yuka.

Sem nenhum tipo de diversão cultural na Cidade de Deus, por conta da ocupação policial naquela localidade, essa manifestação de domingo terá um debate que vai durar 2 horas (14h às 16h) e uma “RODA DE FUNK” que vai durar 6 horas (16h às 22h). Esse evento é o mais importante de todos os que já fizemos, por ser tratar de um dos lugares que concentra mais profissionais do Funk em todo o Rio de Janeiro, e que estão sendo impedidos de tocar, cantar e até ouvir o som que eles mesmos produzem.

Mc Leonardo”

*  *  *

Funk Unirio - a trajetoria do funk carioca e suas principais repercussoes

De 16 a 26/6, na Unirio, exposição “É som de preto, de favelado, mas quando toca, ninguém fica parado”. Programação aqui.

[Atualização em 11/11/2012: como este texto tem bastante acesso no blogue, não custa reforçar: é de 2009.]

Anúncios

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: