Boal e a Lei Rouanet

Em sua edição de maio, o Jornal dos Trabalhadores Rurais Sem Terra homenageou o finado Augusto Boal reproduzindo trechos de uma entrevista feita pela Carta Capital. O dramaturgo e diretor teatral não poupou críticas à Lei Rouanet:

O que posso dizer é que a Lei Rouanet assassinou a criatividade do teatro. Ao transferir do governo, que representa o povo, para as empresas a decisão de onde investir, a Lei substitui o pensamento criativo pelo publicitário. Essa lei tem que acabar. Esse dinheiro deveria ser transferido para um fundo, que seria distribuída de acordo com a avaliação de comissões constituídas pela sociedade. Ela só funciona para projetos isolados, individualistas. Se eu depender do apoio de uma empresa de macarrão, como vou produzir uma peça como Ralé, de Gorki, que fala sobre a fome?

Anúncios

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: