Curtinhas sobre violência e segurança pública no Rio

O seminário sobre o “choque de ordem” organizado pela Abong Rio e que seria realizado quarta-feira (28/10) foi adiado. Só fiquei sabendo disso na própria quarta à noite, quando uma pessoa me ligou dizendo que estava no local e não havia nada por lá. Peço desculpas a algum(a) outro(a) eventual leitor(a) que tenha visto a divulgação aqui n’A Lenda, ido ao Sindicato dos Engenheiros e dado com a cara na porta.

*  *  *

O informativo do Observatório de Favelas entrevistou dois professores que moram em Vila Isabel a respeito dos impactos dos tiroteios da semana retrasada em suas rotinas. O tipo de voz que a mídia gorda não se interessa em ouvir.

*  *  *

É digno de antologia o diálogo entre Paulo Passarinho e Marcelo Freixo sobre alguns acontecimentos recentes e o cenário histórico da violência e da política de segurança pública no estado do Rio de Janeiro.

*  *  *

Se ainda não leu, leia o Manifesto contra o “revide” da Segurança Pública no Rio de Janeiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: