Uma boa leitura atrasada

A coisa anda feia em termos de tempo disponível pra leitura. Essa semana acabei de ler a Fórum de… janeiro!

A capa destaca a ótima entrevista com Raquel Rolnik, arquiteta e professora da USP. Diz muito sobre as chuvas de SP e antevê, de certa forma, a tragédia do Grande Rio. (Lendo o Futepoca dia desses, fiquei sabendo que ela tem um blogue.)

Tem entrevista com o italiano “Daniele Cini, diretor do documentário Nós que estamos vivas, sobre as vítimas da ditadura argentina“. Um trecho:

As ‘Mães e Avós da Praça de Maio’ são muito mais do que um exemplo da Argentina. São exemplo para o mundo inteiro. Não sei como os senhores de Estocolmo não se deram conta até agora – como merecem que seja dado, antes que elas morram pela idade – e não lhes entregaram o Prêmio Nobel da Paz. Elas são mulheres de uma força, uma dignidade e uma clareza extraordinárias.

E um artigo extraordinário e inquietante de Ladislau Dowbor: “A cruzada para negar o aquecimento global“.

*  *  *

Tava pra comentar há um tempo: da série “capitalismo é isso aí”, pouco após o julgamento convertido em escândalo midiático, um fabricante de redes de proteção para crianças saiu anunciando em ônibus e outdoors do Rio de Janeiro…

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: