Ah, o jornalismo esportivo da mídia gorda…

Fim de Palmeiras x Flamengo em São Paulo. O repórter da TV Globo entrevista Vágner Love, autor do gol. Joga uma casca de banana para o entrevistado, claramente buscando resposta que possa ser classificada como “polêmica”. Comportamento típico, repetitivo e, a meu ver, triste e doentio de numerosos repórteres esportivos. O jogador passa com elegância, desconstroi a pergunta e mostra gratidão pelo Palmeiras.

Segunda pergunta, de outro repórter (infeliz não identificado). Óleo na pista. O atacante se safa e revela educação e respeito pelo Palmeiras. De novo, sua fala é usada, em parte, para desconstruir a sacanagem-armadilha disfarçada de pergunta.

Ouve-se o início de terceira questão (de um terceiro robô): “Você foi vaiado o jogo inteiro…” (ou algo do gênero). Sabão em pó com água em piso liso. A emissora corta para o narrador. Penso: “que bom”.

Sem declaração “polêmica” do atacante (compreensivelmente vaiado pelos palmeirenses durante todo o jogo), os jornalistas (diplomados em jornalismo?) terão que inventar outro assunto para explorar. Falarão, então, de futebol? Farão, então, uma boa análise do jogo? Duvido.

Anúncios

Tags:

Uma resposta to “Ah, o jornalismo esportivo da mídia gorda…”

  1. L.C. Says:

    Legal foi a narração do final do Botafogo e Corinthians: quando o Corinthians fez o gol de empate, parecia final de Copa do Mundo. E depois, na chamada da Band, a legenda dizia: “Corinthians passa sufoco mas VENCE Botafogo!”… isso porque arrancou um EMPATE no final…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: