Adeus, Saramago

Puta que pariu. Não acredito. Morreu Saramago?

Foi o que passou pela minha cabeça ao esbarrar com um comentário que indicava o que, depois, verifiquei ser verdade. Sem tempo para escrever um texto decente, limito-me a afirmar que José Saramago é um dos poucos escritores de que gosto a ponto de me arrepender de (ainda) não ter lido a obra completa.

Escritor de mão cheia, combinava talento literário com engajamento – pela esquerda – em grandes e pequenas questões políticas de nosso tempo. Por exemplo, os constantes crimes e violações do direito internacional e de resoluções da ONU cometidos por Israel.

Um tempo atrás, reproduzi n’A Lenda um artigo bem bacana dele, intitulado “Para que serve a comunicação“, que volta e meia uso para discussão em sala com os alunos.

Anúncios

3 Respostas to “Adeus, Saramago”

  1. L.C. Says:

    Eu confesso que nunca li nenhum livro do Saramago, mas lamento profundamente sua morte. Vou ler o texto, ainda mais agora que tô estudando no IACS. ;)

    Por falar nisso, dia desses a Ana Enne falou em vc em sala, falou da sua tese de doutorado, elogiando. =)

  2. Rafael Fortes Says:

    Tá fazendo Estudos de Mídia, Lay?

    Beijo!

  3. Um filme « A Lenda Says:

    […] vi Ensaio sobre a Cegueira, dirigido por Fernando Meirelles, com base no romance do saudoso José Saramago. O DVD acabou de rodar não tem nem cinco minutos. Apesar do sono, tive que vir aqui […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: