Rapidinhas

A Layanna anda com a corda toda, e nos trouxe boas dicas do que a mídia gorda, alguns de seus empregados e certas empresas – como a Saraiva – andam fazendo por conta da eleição. É a direita brasileira se mexendo e se articulando.

*  *  *

Achei duas rapidinhas perdidas entre os rascunhos. Estão abaixo.

*  *  *

Do ministro da Cultura, Juca Ferreira, em entrevista à Caros Amigos de abril:

“- O senhor suspendeu a sua filiação ao PV?

– Sim, por um ano. Eu acho que o PV está ficando careta, abandonando o seu programa. Ele surgiu no Brasil com uma coragem imensa de colocar questões comportamentais na política, defendendo com muita ousadia uma política de drogas para a redução de danos, defendendo os direitos dos homossexuais. E agora está todo mundo meio aderindo a um comportamento tradicional de se apresentar como ursinho de pelúcia da política brasileira, todos fofinhos, sem arestas, sem levantar nenhuma questão polêmica. Estão caretas, com uma escoliose para a direita, só querem alianças com o DEM. No Rio, o Gabeira está fazendo altos elogios e só quer aliança com o DEM, César Maia. Em São Paulo, há muito tempo tem alianças com DEM e PSDB e assim já em muitos Estados convivendo com o fisiologismo tradicional da política brasileira.”

*  *  *

“Em 2009, o Ministério do Trabalho inclui grandes usinas na chamada ‘lista suja’ do trabalho escravo. Uma delas foi a Brenco, que tem participação acionária de 20% do BNDES. Entre 2008 e 2009, o BNDES liberou R$ 1 bilhão para usinas da Brenco em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás. Ao mesmo tempo, o Grupo Móvel expediu 107 autos de infração contra a empresa, que é presidida pelo ex-presidente da Petrobras, Henri Philippe Reichstul. Apesar da prática de trabalho escravo, o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, anunciou a continuidade do financiamento para a Brenco.”

Governo Federal financia escravidão com dinheiro público? Conclua você, leitor.

A mídia gorda, aparentemente tão zelosa com o dinheiro público quando se trata de pagar aposentadorias, salário-mínimo e servidores públicos, pouco ou nada tem a dizer em situações como esta.

Anúncios

2 Respostas to “Rapidinhas”

  1. LUIZ ROGERIO DOS SANTOS CABRAL Says:

    CARO RAFAEL,O GOVERNO NAO ESTÁ FAZENDO SUA PARTE DIREITO,QUE É DAR CONDIÇÕES DIGNAS PARA QUE NOSSA POPULAÇAO MELHORE Cada vez mais nossa vida o dinheiro público ,nao é de hoje ,nao generalizando mais algumas pessoas de nosso governo sempre fizeram esse jogo sujo usando e dando um grande suporte para que esse tipo de sujeira continue acontecendo,em vez de se preocupar em pagar os aposentados digninamente,o salario minimo ,que continua muito baixo,e aos servidores dando uma assitencia melhor para a populaçao,o governo prefere fazer vista grossa financiando o trabalho escravo realizado por esse tipo de usina deveriam aplicar multas altas e APLICAR SANÇOESE CORTAR TODO TIPO DE AUXÍLIO ATÉ QUE ESSA USINA ACABAR COM O TRABALHO ESCRAVO PRÁTICA INFELIZMENTE MUITO COMUM EM CERTAS REGIÕES ,GOSTEI MUITO DESSE TIPO DE COMENTÁRIO ,QUE O SENHOR FEZ,SUAS MATERIAS SÃO MUITO BOAS PRESTANDO UM SERVIÇO MUITO ÚTIL QUE POUCOS INFELIZMENTE TEM ACESSO POR VÁRIOS MOTIVOS,COMO FALTA DE TEMPO.O GOVERNO DEVERIA FAZER UMA CONSCIENTIZAÇÃO COM ESSA USINA FAZER UM TRABALHO SOCIAL SERIA O IDEAL PARA QUE NAO ACONTEÇA MAIS ISSO,SEU BLOG ESTÁ DE PARABENS ,OBRIGADO POR SUA ATENÇÃO.

  2. renata moraes Says:

    chocada com essa “promoção” da saraiva….na loja eles também colocam logo na entrada os livros desse autor….agora entendi tudo….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: