Pílulas de uma tarde

Quando eu digo que o capitalismo – tal qual definido e defendido pelos liberais e neoliberais – nunca chegou ao Brasil, há quem se espante.

Na loja de materiais esportivos em Copacabana, vi uma camisa modelo retrô, mas personalizada com número e assinatura do Léo Moura. Cheguei perto para olhar o preço, pensando: “se for menos de R$ 40, de repente, compro”. R$ 99,99. Curioso, comecei a passar as camisas penduradas para ver que outras havia. A seguinte, também do Flamengo, tinha número 7 e custava R$ 129,99. Não reconheci a assinatura do jogador. Olhei a etiqueta pendurada na parte interna. Thiago Neves.

*  *  *

Caminho pela calçada, quando uma tia, bem tia, que vinha na direção oposta, me para. Usa óculos escuros e, na boca, batom vermelho escuro. Diz alguma coisa. Não entendo:

– Quê?

– É hoje que o Mengão joga?

– Não, é amanhã.

– Aaaaaah, tá. Então boa sorte para nós!

Enquanto fala, dá três tapas no meu peito.

Rio de Janeiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: