A FFERJ (Federação do Rio) e uma nova fornada de campeonatos esdrúxulos

Enquanto pseudo-especialistas falam horas de bobagens nas mesas-redondas e demais programas de rádio e televisão, e gente tão ou mais chata (às vezes são os mesmos do rádio e TV) escreve sempre as mesmas baboseiras em colunas de jornal, reproduzo abaixo um email enviado pelo camarada Bruno Vargas Costa. É uma das pessoas que mais entendem de futebol que conheço. Além de torcedor fanático, acompanha os bastidores, onde se desenrola boa parte do que realmente interessa.

Bruno não é jornalista, mas dá de dez a zero em 99% dos jornalistas (diplomados ou não) que cobrem futebol no Rio de Janeiro. São esses comentaristas, colunistas, repórteres, jornalistas e afins que cagam regra sobre o “bem” do futebol brasileiro, enquanto, por exemplo, mal conhecem as regras das competições ou os balancetes dos clubes. Se arvoram em oráculos para apontar problemas e soluções. Mal sabem do que estão falando.

Seria interessante, por exemplo, que os jornalistas esportivos da emissora de maior audiência do rádio esportivo no Rio, que vivem puxando ostensivamente o saco do presidente da FFERJ durante a programação da emissora, dissessem algo a respeito.

Em tempo: o título acima é por minha conta. O da mensagem original, apropriadamente, era: “Ninguém toma uma providência”.

*  *  *

31/1/2012

Por Bruno Vargas Costa

“Sai ano e entra ano a bagunça continua nas competições organizadas pela FFERJ.

Nesta quarta-feira temos Bangu X Vasco em Moça Bonita as 17h00.

Ainda jogam Flamengo X Real Potosi no Engenhão as 22h00 e Fluminense X Boavista em Volta Redonda no mesmo horário. Daí acaba o jogo em Bangu, a torcida do Vasco sai de Moça Bonita feliz da vida pra sair na porrada na Avenida Brasil com a torcida do Flamengo da Zona Oeste que estará indo pro Engenhão. Aí de repente no meio da porrada aparece a torcida do Fluminense que está indo pra Volta Redonda pra apartar a briga. Ninguém toma uma providência.

Sabado que vem começa a segunda divisão. 21 participantes. O grupo A tem 11 clubes e o grupo B tem 10 clubes. Se classificam 6 de cada grupo. Será que nunca vão fazer uma fórmula com numero de clubes pares ??? É o campeonato mais bagunçado do Brasil, impressionante. Artsul só joga em casa na 4a rodada? Ninguém toma uma providência.

http://186.202.17.33/campeonatos/ano-de-2012/serie-b-profissional/grupo-a.html

Olhem isso no regulamento, sensacional.

§ 1º – Na hipótese do total de participantes da primeira fase ser em número igual ou inferior a vinte associações, classificar-se-ão para a segunda fase apenas 10 (dez) associações (as 5 melhores de cada grupo). § 2º – Excluídas as associações classificadas para a segunda fase, as seis associações de menor índice técnico, independentemente do grupo a que tenham pertencido ou da classificação no respectivo grupo, comporão o grupo X e jogarão entre si, em turno e returno, para fins de descenso. § 3º – Considera-se índice técnico a soma da média dos pontos ganhos com a média dos gols marcados. § 4º – Na segunda fase, as associações serão distribuídas em um grupo único (C), jogando entre si em turno e returno.

Como assim ” na hipótese o total de participantes da primeira fase ser em número igual ou inferior a vinte associações ” ? Ainda não se sabe quantas associações jogarão esta m[…]? E este negócio de índice técnico… como ainda não proibiram isso, meu Deus do Céu ? Ninguém toma uma providência.

Em março é a vez da terceira divisão do Rio.

21 clubes também, legal. 3 grupos com 5 clubes e 1 grupo com 6 jogam em turno e returno e se classificam as 16 melhores equipes. Calma aí… 16 ??? Que campeonato é esse ? De 21 se classificam 16 ?

E que explicação doida é essa no regulamento ?

http://186.202.17.33/campeonatos/ano-de-2012/serie-c-profissional/regulamento.html

§ 1º – Classificam-se para a segunda fase 16 equipes, a saber :

As vencedoras de cada um dos grupos;

As de melhor índice técnico dentre as classificadas em segundo lugar de cada grupo, em número necessário para completar o total de 16 equipes.

As de melhor índice técnico dentre as classificadas em terceiro lugar de cada grupo, em número necessário para completar o total de 16 equipes.

As de melhor índice técnico dentre as classificadas em quarto lugar de cada grupo, em número necessário para completar o total de 16 equipes e assim respectiva e sucessivamente dentre as classificadas em quinto, sexto ou sétimo lugar de cada grupo, se houver.

Ninguém toma uma providência.

Vai começar a Copa Rio sub-17 organizada pela federação e autorizada pela CBF com a participação de clubes de outros estados.

28 clubes dividos em 7 grupos de 4. Se classificam os 2 melhores de cada grupo para as SÉTIMAS DE FINAL. Legal, sétimas de final, FFERJ sempre inovando.

Então 7 clubes se classificam para as quartas-de-final né… Fica faltando uma vaga…

Não tem problema… eles vão colocar nas quartas-de-final O MELHOR CLUBE ELIMINADO nas SÉTIMAS DE FINAL, sensacional !!! Ninguém toma uma providência.

Art. 4º – Na Segunda Fase as quatorze associações serão distribuídas em 7 grupos, jogando entre si, dentro do grupo, uma partida única, classificando-se para a fase seguinte (quartas de final) as vencedoras de cada grupo e mais uma dentre as desclassificadas nesta fase, observado o critério disposto no art..

Agora preparem-se… pra ver os critérios de desempate pra definir este clube beneficiado.

Art. 5º – Para a classificação de uma das equipes dentre as perdedoras dos confrontos de cada um dos grupos da segunda fase serão adotados os seguintes critérios de desempate:

Maior número de pontos ganhos na segunda fase

Maior número de gols pró no tempo normal de jogo na segunda fase

Maior número de gols pró-obtidos na disputa de pênaltis na segunda fase

Maior saldo de gols na primeira fase

Maior número de pontos ganhos na primeira fase

Como assim ” Maior número de gols pró-obtidos na disputa de pênaltis na segunda fase ” ???

Fico imaginando uma disputa de penaltis e as 2 equipes combinando de empatar em 7 a  7 pra classificar ambas. Depois das 14 cobranças quando os 2 estiverem classificados bate sério. Ninguém toma uma providência.

Anúncios

Tags:

Uma resposta to “A FFERJ (Federação do Rio) e uma nova fornada de campeonatos esdrúxulos”

  1. Fernando Ferreira da Silva Says:

    Matéria interessante postada pelo articulista. É preciso dizer aos nossos “comentaristas” de radio, televisão e jornais que o campeonato não é carioca, mas, estadual. Graças aos clubes do interior do Estado é que se monta um campeonato com 16 clubes. E possivel que, por exemplo, um jogo do interior entre Americano e Goitacaz produza uma arrecadação e uma presença de público muito superior a Olaria e Bonsucesso. Outros exemplos: Bangu e Madureira; Portuguesa e Campo Grande. Qual será a renda e a presença de publico??? Certamente que entre os clubes do interior do Estado, arrecadação e presença de público será muito maior dos que os apelos de publico para jogos entre os “pequenos” da capital. Basta-nos lembrar dos 10 pagantes presentes no jogo Bonsucesso e Bangu, ou Olaria, não sei bem. O publico, certamente foi de 10 (dez) pagantes. Não queiram comparar o futebol do Estado do Rio com o futebol paulista. Basta ver a diferença existente entre as instalações dos estádios do interior com as precárias instalações dos clubes da capital. Aliás, na capital, apenas o Engenhão e São Januário oferecem condições para jogos de futebol. Os demais, que me perdoem seus dirigentes, não estão aptos a recepcionar partidas de futebol para os campeonatos das séries “A, B e C”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: