Rapidinhas

Marcelo Freixo discursou antes da votação, na ALERJ, de projeto relativo aos interesses da Copa do Mundo e da FIFA:

*  *  *

Eis que o novo prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (PT), diz a que veio escolhendo para a Secretaria de Segurança Pública e Controle Urbano uma das figuras mais reacionárias da PM do Rio de Janeiro. Se o prefeito fosse do PP ou tivesse Bolsonaro no sobrenome, seria uma decisão coerente. Mas logo no início de um governo do Partido dos Trabalhadores? Bom, vai ver, hoje é coerente também…

Entre as medidas anunciadas pelo novo secretário, choque de ordem. Qualquer semelhança com o governo neoliberal de Eduardo Paes (PMDB) na capital não é mera coincidência.

*  *  *

Como diria Jorge Ben, “deu no New York Times” (online, ao menos): artigo de Theresa Williamson e Maurício Hora sobre as irregularidades praticadas pela Prefeitura do Rio – leia-se governo Eduardo Paes (PMDB) – no Morro da Providência. Um trecho:

Os impactos econômicos, sociais e psicológicos dos despejos são medonhos: as famílias são levadas para unidades isoladas nas quais perdem acesso aos enormes benefícios econômicos e sociais da cooperação comunitária, à proximidade do trabalho e às redes de contato, sem mencionar os investimentos de gerações nos seus lares.

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: