Rapidinhas

Uma coisa é a discussão sobre o modelo implantado pelo PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) de agências nacionais para fiscalizar os serviços públicos concedidos e/ou executados por empresas privadas. Essa discussão, que o PT (Partido dos Trabalhadores) fazia questão de travar antes de alcançar a Presidência da República, caiu no ostracismo desde então. É sustentada apenas por alguns setores da oposição à esquerda – como o PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) -, mas praticamente inexiste.

Pois bem, eu dizia que isso é uma coisa. Outra é, dentro do modelo, como ele é executado. E aí também é possível discutir. Para exemplificar o que estou querendo dizer, sugiro uma lida nesta nota sobre a indicação do diretor da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) – aquela que deveria evitar a bandalheira dos planos de saúde.

*  *  *

A escravidão segue comendo solta no Brasil. Não, não se trata de um problema do Norte ou do Nordeste: acontece todo dia aqui no Rio de Janeiro. Um trecho deste ótimo texto de Marcelo Freixo sobre o tema:

Apesar dos exemplos, a nossa herança escravocrata não se restringe ao campo. Ela impregna as instituições, o acesso a direitos fundamentais, as nossas relações cotidianas mais banais. Como escreveu Caio Prado, aquele passado colonial ainda está presente naqueles quartinhos apertados construídos nos fundos dos apartamentos; na resistência em reconhecer os direitos trabalhistas das empregadas domésticas; na proibição de uma babá entrar num clube da Zona Sul sem seu distintivo uniforme; na criminalização do funk; no êxtase provocado pelo justiçamento de um adolescente acorrentado a um poste; no assassinato de jovens negros nas favelas; na negação da humanidade da massa carcerária brasileira…

 

Tags:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: