Rapidinhas

Está no ar o site do Laboratório de Comunicação e História, que coordeno.

*  *  *

Vale a pena ler as “Sugestões para o Ministério de Dilma” elaboradas por Guilherme Boulos, da Coordenação Nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto. (via Fórum)

*  *  *

A Associação Juízes para a Democracia emitiu uma nota técnica clamando “Pelo fim dos autos de resistência“. É inacreditável que, em 2014, esse mecanismo legitimador dos crimes de assassinato cometidos por policiais ainda esteja em vigor. Um trecho:

Esse quadro de violência oficial incide seletivamente sobre determinadas parcelas da população brasileira. Conforme relatado pelo Grupo de Estudos sobre Violência e Administração de Conflitos da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), 61% das pessoas mortas pela policia de São Paulo são negras, sendo que 77% delas têm de 15 a 29 anos de idade.” (via Caros Amigos)

A nota tem como objetivo apoiar o Projeto de Lei 4471/2012, que está pronto para votação no Congresso Nacional. É daqueles projetos cuja aprovação deve acontecer pra ontem. Os autores são os deputados federais Paulo Teixeira (PT/SP), Fabio Trad (PMDB/MS), Delegado Protógenes (PCdoB/SP) e Miro Teixeira (PDT/RJ).

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: