Rapidinhas

Universidades federais devem ter corte de até 45% nos investimentos“, diz uma matéria do Estadão. (via Jornal da Ciência)

Ao contrário da entrevista comportada que comentei ontem, desta vez a nova presidente da Andifes criticou as medidas. Interessante mudança de tom.

Embora publicada por um jornal neoliberal, a matéria dá um panorama razoavelmente correto da situação das universidades federais. Elas passam pelo mesmo processo de outras instituições e serviços públicos: à medida que aumenta a abrangência e quantidade do público atendido, a qualidade cai. No Brasil, não temos histórico de serviços públicos simultaneamente de qualidade e universais – ou seja, Estado de Bem-Estar Social. Ou têm qualidade e atendem poucos, ou atendem muitos sem qualidade – exceções são, nas últimas décadas, a vacinação infantil, o voto e o alistamento militar. O passo seguinte, que (ainda) não aconteceu com as universidades, é o abandono por parte da classe média (como foi o caso do transporte público, da saúde pública e da educação pública nos níveis fundamentais e médio), o que, por sua vez, é lido pelos governantes como sinal verde para rebaixar a qualidade.

Tais problemas ganharam grande visibilidade durante a greve de 2012, quando o Partido dos Trabalhadores (PT) tinha amplas responsabilidades sobre a situação, com Dilma Rousseff na Presidência e Aloizio Mercadante no Ministério da Educação. A greve durou meses e o governo nada fez para resolver os problemas. Muito pelo contrário: nos anos seguintes, o MEC sempre foi o ministério com mais cortes no orçamento, e parcelas crescentes de dinheiro público foram destinadas a corporações multinacionais operando livremente no mercado brasileiro de ensino superior.

Para tragédia da população e do país, o governo interino e ilegítimo do Mordomo de Filme de Terror aprofunda as políticas levadas a cabo pela Coração Valente.

Anúncios

Uma resposta to “Rapidinhas”

  1. Rapidinhas | A Lenda Says:

    […] Tal política de cortes, é bom lembrar, aprofunda aquela já praticada pelo governo da Coração Valente. […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: