Rapidinhas

Ainda a respeito da brutal repressão à greve geral e aos protestos de sexta-feira, a coisa também foi feia em outras cidades além do Rio de Janeiro, como São Paulo e Goiânia. Na última, um policial militar deu com um cassetete na cara de uma pessoa – a arma foi partida em dois pedaços; o crânio da vítima, em vários.

*  *  *

Boas e longas leituras:

– María Florencia Alcaraz: “No la buscaron – El femicidio de Araceli Fulles” (essa pingou na caixa postal)

– Paulo Endo: “A Rede Globo flutua entre a permissividade e a crueldade para vender seus programas ou ela apenas encarna os princípios do posso tudo e ninguém pode comigo?” (via Jornal GGN)

– Glenn Greenwald: “Greve nacional impulsionada pela conhecida dinâmica global de corrupção e impunidade da elite“. Um trecho:

Em outras palavras, as elites brasileiras – tendo saqueado o país até o ponto de deixá-lo à beira do colapso – decidiram que a única solução viável era forçar a já sofrida população brasileira de trabalhadores e desempregados pobres a sofrer mais ainda, retirando deles as medidas de proteção e segurança das quais gozavam. Eles arquitetaram o impeachment cataclísmico da presidenta para alcançar tal feito.

O substituto de Dilma – a mediocridade clássica e maleável que ele é – foi incumbido de uma tarefa abrangente: impor austeridade dura, mesmo que isso significasse tornar-se alvo de ódio público e generalizado. O político de carreira, de 75 anos de idade – literalmente proibido de concorrer ao cargo por 8 anos devido à sua violação das leis eleitorais – não tinha nenhuma intenção ou perspectiva de concorrer mais uma vez, então concordou alegremente em cumprir suas tarefas atribuídas, em troca de receber o manto de poder que ele nunca poderia ter ganhado por conta própria.

– Luis Nassif: “Xadrez do dia seguinte da greve geral“. Um trecho:

A tentativa de fabricar um novo Collor, com João Dória, esbarra no amplo amadorismo do candidato. Na ânsia de explorar a radicalização contra Lula, vai gerando um personagem complicado, dono de uma retórica pobre, repetitiva e agressiva. É corredor de 50 metros.

Em tempo: torço para que ele esteja correto quanto à extensão da capacidade de correr. Temo que esteja equivocado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: