Rapidinhas

Pacote de leituras:

– Excelente entrevista de Tarso Genro ao El País: “Temer perdeu o apoio do oligopólio da mídia e não vai se sustentar“. Genro é uma das importantes lideranças do PT – e uma das poucas que mantém minha admiração – que foram jogadas para escanteio pelo governo da Coração Valente. Deu no que deu…

– Matéria do mesmo jornal sobre as relações entre futebol e política, mais precisamente, o caso do Cruzeiro nas últimas décadas.

– O professor João Sicsú (UFJR), em excelente análise: “Três correntes políticas, dois projetos” (via Conversa Afiada). Dois trechos:

O partido da Globo apostou no golpe e venceu. Quem dirige o golpe é o partido da Globo. O seu projeto é antinacional, antissocial e antidesenvolvimentista. Cunha, Temer, Aécio, Maia, ospatos da Fiespe tantos outros são marionetes acéfalas. Manda quem comanda o judiciário, o Ministério Público, a Polícia Federal e o maior veículo de comunicação do País. (…)

No momento, o partido da Globo quer alguém do seu agrupamento para sentar na cadeira da presidência da República – piloto e carro, ambos, da mesma equipe. Henrique Meirelles é o grande operador do projeto do partido da Globo dentro do governo. Atualmente, está na cadeira de ministro. Mas poderá ocupar um superministério ou, até mesmo, a presidência da República. A outra opção da Globo é Cármen Lúcia, que é do braço do judiciário do partido. Devidamente autorizado, Meirelles já anunciou ao mercado financeiro que continuará neste ou no próximo governo.

– O professor João Feres Júnior: “A crise política e o enigma da Globo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: